2 thoughts on ““What We Can Learn From Lobster About Stress” ~ Rabbi Dr. Abraham Twerski”

  1. This is an overrated video and the analogy is actually incorrect. It is not the stress that makes the lobster grow. The stress makes the SHELL to be replaced. So it is highly likely that without any shell lobsters can grow as well (as expected). The correct argument could be “stress makes lobster shells to grow”. Salute to all lobsters 🙂

  2. Está na natureza da lagosta crescer. Não se trata da questão de estímulo.
    E para que isso possa ocorrer precisa sair da casca, se esconder e criar nova casca para sequenciar o ciclo. A mensagem liberada é: Só crescemos quando sentimos incomodado na nossa pequinês e queremos crescer, aumentar o que somos e possuímos.
    Mas que chegar noutra fase é preciso ter coragem, sair de uma determinada situação segura em fase final pra outra mais robusta. No caso da lagosta assim como das pessoas reticentes se insistirem em se manter no status quo, vai sofre e não vai crescer. A lagosta para crescer precisa enfrentar desafios, ter autoconfiança, mesmo sabendo que na fase de transição, estará sozinha se preparando para seu novo ciclo. Quanto as pessoas menos proativas sempre acharão maneiras de culpar outras pelo seu sofrimento e nunca crescerão e, manterão sua casca invisível paralisando o seu sucesso.
    Resumindo; Não é que crescer dói. Mas, precisa-se de muita coragem para crescer e a lagosta tem essa coragem. O mesmo, infelizmente não acorre com certas pessoas. Pois elas preferem manter–se na sua casca que a imobiliza por faltar coragem para enfrentar a entre-fase, que a lagosta, heroicamente enfrenta e vence, sozinha! E as pessoas poderiam ser ajudadas, ao contrário da lagosta, mas mesmo assim, preferem reclamar da falta de sorte, dos problemas da vida e, como falei, colocar a culpa da sua estagnação em alguém. Sugiro a essas pessoas irem em baixo da pedra e bater um papinho com a lagosta e receber um pouco de ânimo para seguir o seu destino.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *